domingo, junho 13, 2010

Sofro Um Dia, Dois Não!

Escrito por Naiara às domingo, junho 13, 2010
Reações: 


Essa noite eu quero dar uma chance a mim mesma! Cansei de dar chances a outras pessoas e me magoar, não ser capaz de amar nem meus sapatos que estão no armário, quem dirá algum dos tantos homens que já passaram por minha vida na qual eu não faço questão alguma de repetir a dose. Depois de pensar um pouco, bem pouco por sinal, pois nunca desenvolvo um raciocínio logico para as coisas que eu penso, eu chego a acreditar que eu realmente amei meu ex-namorado, mas eu o deixei livre para seguir a vida dele, e Deus me livre de te-lo novamente em minha vida com toda a minha possessividade.
Eu desacredito no amor a cada minuto, e volto a recupera-lo na próxima esquina por alguns milésimos de segundos, até entender novamente como as coisas funcionam. Eu já cheguei até mesmo a culpara a cidade universitária na qual eu vivo, pela sua grande oferta casual em casa esquina, e achar que isso é o que complica as relações humanas. Enganei-me totalmente nesta ilusão. Homem é homem em qualquer parte do mundo, como ou poucas ofertas sexuais, movido ou não a monogamia. E eu falo homem no sentido geral da palavra, abrangendo mulheres, gays, lésbicas, pessoas em geral.
Talvez eu não tenha desacreditado no todo do amor, mas eu desacreditei neste amor que é ensinado desde criança para os pobres filhos do mundo. Ninguém ama uma só pessoa nessa vida, ou seria capaz de se apaixonar todos os dias pela mesma pessoa a ponto de manter aquela chama sempre acesa! Eu tenho realmente birra das pessoas românticas tapadas! Uma coisa é ser Romântica, outra coisa é ser Tapada! Eu juro que as vezes eu me enquadro no campo do Tapado, e quase chego a caminhar pelo romântico. Ai graças as forças divinas que regem o universo, eu acordo deste pesadelo e vejo como o dia é bonito apenas por eu existir, ter amigos e ter um pai e uma mãe que me amam apesar de todo o trabalho que eu dou nesse mundo!
E depois de tanto tapa na cara riem de mim quando eu penso seriamente de fazer abstinência sexual voluntariamente! Eu não acredito nem no amor, então eu pensei que pudesse acreditar na energia sexual, e me desculpe os caretas, mas é uma energia muito bonita por sinal, move o mundo quando bem direcionada, só que quando eu vejo que não faz sentido nenhum mais na minha vida, eu prefiro fugir disso!
Eu realmente fujo de todas as coisas que me são importantes, ou mesmo que tentam chegar em mim de certa forma! Intimidade é uma coisa que me assusta, e se muito tende ser conquistada migalha por migalha. Muitos pensam que só porque falo muito, sem muito freio na língua que eu podem facilmente entrar na minha vida e ter total consciência de quem eu sou! Tolos! É só isso que posso dizer. Tolos!
Eu não acredito que por chegarem no meu corpo, o mais superficial de mim, podem ter um bom entendimento de minha alma! Não dou este tipo de liberdade a qualquer um, e talvez seja justamente por tentar mudar esses meus atos do passado eu tenha decidido me afastar um pouco de toda a relação mundana e questionar mesmo sobre toda essa falta de sentimento solido dentro de mim.
Como já disse, não sei se aqui ou no meu diário pessoal, é difícil para alguem que cresceu alimentando amores inexistentes de repente se ver uma mulher que perdeu a quase todos eles. É bem assim um turbilhão sem sentido nenhum que passa por mim agora, nem adianta eu tentar colocar isso em palavras porque não dará muito certo. Apenas peço respeito neste momento onde eu tentarei fugir dessa dura realidade! Mas como eu sou aquariana filha do mundo e tenho o coração mais vagabundo que pode existir, sofro de amores sim, porem por apenas 24hs no Máximo! Em breve voltarei para sacanagem, para casa de massagem, porque aquilo é o meu lugar! ♫♫

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela presença!!
Muitos Sonhos,
Viva sua Loucura
e fique atento a Realidade!

 

Sonhos Loucura & Realidade Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos