terça-feira, junho 01, 2010

Apenas mais um poema... sempre um poema!

Escrito por Naiara às terça-feira, junho 01, 2010
Reações: 
Amy Sol

São sonhos que se despedaçam
e são palavras que você preferiria não ouvir.
São dias intermináveis se luta
e momentos simples que resolvem todo o resto.
São amanheceres sozinho em sua cama
São ventos que penetram pelos poros e te faz arrepiar
E são músicas que nunca antes ouvira,
que de alguma forma parecem fazer todo o sentido.
São sons que não irás dizer,
São flores que não roubará de uma praça qualquer,
São estrelas cadentes que perderam os pedidos
e são entardeceres que o vermelho no céu será apenas uma cor.
Se olhará no espelho e não saberá por que vestir-se,
verá a palidez da face e não entenderá porque seus olhos afundaram,
deitará na cama e pensará do que foi feito os dias doces
e na verdade não encontrará significado para tais.
São poemas que não será escritos,
são musicas que não serão compostas,
são faces de uma fotografia rasgada,
são jornais velhos acumulados que não faram sentido algum na estante.
Serão livros que jamais lerás,
serão desejos que não se realizarão,
porem ao despertares destes dias tristes
será utópico dizer que os campos pareceram verdes,
o céu brilhará em azul,
porque os choque do que não se viveu,
em geral parecerá mais intenso do que a vida!

by Naichan

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela presença!!
Muitos Sonhos,
Viva sua Loucura
e fique atento a Realidade!

 

Sonhos Loucura & Realidade Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos