quarta-feira, junho 09, 2010

Escrito por Naiara às quarta-feira, junho 09, 2010
Reações: 
 
 
Meu corpo tem sede
e eu me sinto numa necessidade por viver.
Minha boa deseja algo doce,
um veneno alcoólico para a alma.
Ainda pulsa um coração aqui dentro?
Existe alguma forma de amor neste ser?
Tenho procurado razão
Significado para o que sinto.
São tantos monstros que foram se criando dentro de mim
É tanta magoa mal expressa que me felicita todos os dias,
companhia autônoma que não me possui.
Ânsia aos meus olhos,
gosto envenenado de ódio,
plagio restrito em palavras,
Eu preciso desta fuga, eu necessito desta saciação.

1 Comentários:

SilverLux (Éverton)... on 11 de junho de 2010 12:32 disse...

Esse poema é fantástico: profundo, misterioso e ao mesmo tempo tão inteligível... também preciso desta saciação, rsrsrsrsrs

Postar um comentário

Obrigada pela presença!!
Muitos Sonhos,
Viva sua Loucura
e fique atento a Realidade!

 

Sonhos Loucura & Realidade Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos