terça-feira, agosto 31, 2010

...

Escrito por Naiara às terça-feira, agosto 31, 2010
Reações: 
1 Comentários Links para esta postagem
Em minha boca, consigo identificar o gosto de cigarro, bicarbonato e minha saliva desejando infinitas vezes a sua.

quarta-feira, agosto 25, 2010

Odio Criativo

Escrito por Naiara às quarta-feira, agosto 25, 2010
Reações: 
1 Comentários Links para esta postagem


O ócio nem sempre é criativo,
mas o ódio sim!
E ao eliminar o ódio,
sem chão, sem paredes
não sei o que criar!
Preciso de Ócio ou
Ódio.
Preciso criar!

domingo, agosto 22, 2010

Vomitar Sapos

Escrito por Naiara às domingo, agosto 22, 2010
Reações: 
2 Comentários Links para esta postagem


Sapos não se engolem, se expulsam. Eu nunca quis parecer uma princesa destas que sonham em beijar um sapo mas acreditam que isso fará com que ele se torne o seu príncipe encantado.

Príncipes não existem, e não pense que só porque ele fala docemente e te dá atenção ele esteja próximo a esse conceito, e sapos a maioria das vezes você acaba engolindo a medida que lhe reprimem o tempo passa. Mas de tanto fazer essa dieta, eu resolvi ter uma bulimia e vomitar todos eles. Acredito que não foi algo de todo muito bom de se ouvir, já que eu perdi o sono essa noite depois de tudo, mas é tão aliviante colocar os pontos finais das frases não ditas. Geralmente minhas frases estão sempre terminando em exclamações !! ou reticencias... Mas agora não, é um sutil pontinho que faz toda a diferença.

Se existe aquele lance de guardar sentimento faz com que você desenvolva câncer, acredito que eliminei uma boa probabilidade de desenvolver alguma doença deste tipo.

Eu queria dizer que não estou bem, mas eu me sinto bem, e verdades tem de ser ditas para superar! Eu espero que meu próximo passo seja ter refluxo sem precisar de álcool!

quinta-feira, agosto 19, 2010

Help...

Escrito por Naiara às quinta-feira, agosto 19, 2010
Reações: 
0 Comentários Links para esta postagem


Tem dias que eu tenho vontade de que você fique
Outros, tenho vontade de apenas ficar com você.
As vezes peço para que voltes,
Mas sou eu que tenho que retornar.
Somos felizes juntos, eu sei,
Mas tambem sei que somos capazes de vivermos só.
Mas agora, do que adianta tantas certezas,
Se não temos um ao outro para nos apegar?
♥ 

(não sou muito de ficar repetindo coisas que eu já escrevi antes, mas esse texto e essa imagem eu tirei do meu fotolog antigo datado o post de 07/01/08, e que infelizmente cai bem no que eu queria dizer sobre a mesma pessoa. sem sentimentalismos ou pena, apenas é uma situação em comum de um texto que apareceu sem querer na minha vida novamente... acho que previ esse futuro-presente!)

segunda-feira, agosto 16, 2010

Melancolia

Escrito por Naiara às segunda-feira, agosto 16, 2010
Reações: 
2 Comentários Links para esta postagem


Durante algum tempo eu me recolherei no meu quarto, terei crises de choro momentâneos que duraram o espaço de um meio sorriso.
Durante esta semana eu tentarei te perseguir em pensamento, formularei seus horários em minha mente e lhe acompanharei a cada passo das suas possíveis ações.
Ouvirei musicas que me recordem de seus momentos comigo, e traçarei linhas imaginárias de planos imaginários para quando nos revermos.
Acertarei o meu relógio de uma forma que sempre que olhar para ele, esteja marcando horários iguais para que eu possa conscientemente fazer parte de uma superstição de pedidos.
Farei as coisas no qual você me aconselhou, seguir em frente, encontrar com outras pessoas, beber um pouco menos, andar a pé quando possível, falar que gosto das pessoas que eu gosto, me esforçar para ser simpática, porem não falsa com as que eu não gosto, comer em horários certos, desligar o computador as vezes e ler um livro.
Comprarei meu chocolate favorito e o comerei bebendo meu vinho barato favorito, em meu lugar favorito nesta cidade.
Me darei um presente. Será algo que ainda não sei, mas com o intuito de ser alguma coisa que me lide e me desligue de vez de você.
Não me deixarei perder nesta selva de pedregulhos e muito menos em meus pensamentos melancólicos, mas por estes dias, eu vou estar pronta para começar de novo, como vem sido uma rotina inaceitável para mim.

sábado, agosto 14, 2010

Tempo

Escrito por Naiara às sábado, agosto 14, 2010
Reações: 
2 Comentários Links para esta postagem


Gaste o seu precioso tempo falando de mim!
Critique minha roupa, fale de meu cabelo,
Opine meu corpo, rejeite minhas atitudes!
Fale que eu bebo demais, que eu falo demais,
Dou vexame, não respeito opiniões!
Gaste como gosto todo esse seu tempo falando de mim!
Porque quem está o perdendo é só você!

sexta-feira, agosto 13, 2010

Eu Gosto de... Roberto Carlos

Escrito por Naiara às sexta-feira, agosto 13, 2010
Reações: 
1 Comentários Links para esta postagem
 
 
Esse post deveria ser postado ontem, quinta-feira, dia do Eu Gosto De... só que por falta de tempo mal pude colocar minha vida em dia, quem dirá posta no blog, apesar de ter pensado no que escrever!

Não nego Eu Gosto De Roberto Carlos! Ao antiguados, ao que não gostam, meus ressentimentos, porque eu considero ele um ótimo cantor sem falar das letras lindas que são verdadeiras poesias!

Gosto mais das musicas antigas, clássicos dele, e justamente agora a musica Falando Serio vem se fazendo de muito sentido então curtam a letra e a musica!

“Falando sério
É bem melhor você parar com essas coisas
De olhar pra mim com olhos de promessas
Depois sorrir como quem nada quer

Você não sabe
Mas é que eu tenho cicatrizes que a vida fez
E tenho medo de fazer planos
De tentar e sofrer outra vez

Falando sério
Eu não queria ter você por um programa
E apenas ser mais um em sua cama
Por uma noite apenas e nada mais

Falando sério
Entre nós dois tinha que haver mais sentimento
Não quero seu amor por um momento
E ter a vida inteira pra me arrepender”




terça-feira, agosto 10, 2010

Tremor

Escrito por Naiara às terça-feira, agosto 10, 2010
Reações: 
1 Comentários Links para esta postagem


Não estava frio mas eu tremia,
De cada fio da minha cabeça às minha unhas dos pés.
Naquela sensação de quente e frio:
Suas mãos, minhas mãos,
Eu me deliciava do momento e minhas fantasias.

sábado, agosto 07, 2010

Colar de Melancia

Escrito por Naiara às sábado, agosto 07, 2010
Reações: 
1 Comentários Links para esta postagem
Me falavam que se eu pendurasse uma melancia no pescoço eu chamaria a atenção, então resolvi experimentar! (risos)

Meu colar de Melancia!!

quinta-feira, agosto 05, 2010

Eu gosto de... Horoscópo

Escrito por Naiara às quinta-feira, agosto 05, 2010
Reações: 
1 Comentários Links para esta postagem

 
 
Resolvi criar esse post para me descontrair! Depois de tanto reclamar, depois de ficar chateada comigo e com muita das pessoas que me cercam, eu resolvi falar nessa quinta feira sobre uma futilidade que eu gosto: Ler Horóscopo!
Não é nenhum vicio, e as vezes nem tenho muita paciência para isso, mas é só pintar um romance novo, uma desilusão nova, ou simplesmente a duvida de sair ou não de casa e eu vou conferir o que meu horóscopo, em geral o personalizado tem a me dizer!
O que mais me inspirou a falar disso aqui hoje, é porque o meu de hoje, por sinal uma das pouquíssimas vezes que não falou da minha saúde, alimentação ou algo tipo: Não Gaste Dinheiro atoa (às vezes parece até que é minha mãe que escreve, só pode), foi algo bom que pode ser realizado!
Para quem não sabe ou tem curiosidade de saber sou Aquariana (isso explica muita coisa) com ascendente em Touro (o que também ajuda em outras). Mas o recado é essa, das coisas que eu costumo fazer aleatoriamente ou não, ficar lendo horóscopo em vários sites diferentes pode ser motivador, ou não, mas pelo menos é divertido!

quarta-feira, agosto 04, 2010

Irmãs em Alma Nunca Morrem

Escrito por Naiara às quarta-feira, agosto 04, 2010
Reações: 
2 Comentários Links para esta postagem
 
 
Essa noite ela esteve nos meus sonhos!
Eu a podia tocar, abraçar, sentir aquela pele na minha como antigamente. No meu sonho eu pude realizar todos os desejos que uma garota pode ter com outra, toda a maciez que só uma menina tem, suas formas, seu cheiro. Eu podia sentir tudo aquilo outra vez de uma forma que eu nunca tive.
Eu já nem ligo mais em tentar encontrar algum nome ou descobrir qual tipo de complexo eu poderia ter tido na minha adolescência, o fato é que eu sonhei com ela, e da maneira que ela costumava ser, talvez com mais idade, porem era ela.
Eu fico imaginando daqui a 10, 20, talvez 30 anos se ainda terei bons sonhos com aquele ser, que não está mais ao meu lado. E como aparecerá para mim? Terá para sempre a mesma idade, ou envelhecerá junto a minha pessoa, como um casal deve seguir, e passar o resto de suas vidas juntos, até um anjo vir e nos separar?
Ela esteve nos meus sonhos, não posso omitir isso como tento omitir tudo que tem ao nosso respeito. Sei que meus desejos não passaram de desejos que tentei esconder de mim mesma e que no fundo jamais se realizarão.  E é isso que me deixa magoada com a vida, sempre existirá algo que não foi feito, algo que não foi dito, algo que você queria mudar, porque olhar para o passado é incrivelmente doloroso.
Eu queria poder tocá-la novamente, assim como no meu sonho ela esteve nos meus braços, quentinha, como antes, linda como sempre, e eu era apenas o patinho feio que a amava muito, mas como boa parte das pessoas das quais eu amo, não sabia demonstrar o que sentia.

terça-feira, agosto 03, 2010

Dói

Escrito por Naiara às terça-feira, agosto 03, 2010
Reações: 
1 Comentários Links para esta postagem


Dói!

Sua falta me dói,

Sua presença dói,

A idéia de um amanha dói!

Você me machuca,

Você me cura,

Você me deixa nesse labirinto

Onde só eu posso descobrir a saída.

Suas palavras me doem,

Seu silencia me fere,

Suas atitudes arranham

Parte a parte do meu coração.

Dói saber que passará,

E estes únicos dias

Serão apenas passado.

Já é passado!

domingo, agosto 01, 2010

Maior Abandonado

Escrito por Naiara às domingo, agosto 01, 2010
Reações: 
0 Comentários Links para esta postagem
Essa frase de Maior Abandonado resume tudo:



"Me ame como a um irmão, Mentiras sinceras me interessam..."
 

Sonhos Loucura & Realidade Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos