terça-feira, abril 20, 2010

Soulmates never die

Escrito por Naiara às terça-feira, abril 20, 2010
Reações: 
Eu quero o meu irmão para mim! Só para mim, e não te-lo que dividir toda vez que eu posso tentar chegar perto! Este post não deveria estar aqui, muito menos ter sido publicado, mas eu sinto ainda a necessidade de um dia, mesmo que me doa e eu tenha que fugir para as montanhas para nunca mais ter contato com ele, que este ser que em um dia de meus 16 anos de idade eu escolhi para ser meu irmão de alma, mesmo que a alma dele nunca seja ligada a minha, eu tenho consciência que a minha esta tão próxima a dele como é de incomparável comparar.
Como diria uma das musicas do Placebo que pertencem a lista de “the beast”: Soulmates never die!
Eu tentei descobrir porque eu gosto tanto daquela pessoinha que quase eu nunca vejo, que quase eu nunca falo, ou que quase relação nenhuma temos um com o outro! Tudo bem que eu seja aquele tipo de amiga que se senti tímida para ligar e perguntar se está tudo bem, que tenho um certo receio com os demais, o que não implica que eu não pense nele, e que eu queira o melhor para seu futuro. Mas alguma coisa tem que existir para que essa diferenciação seja tão sutil que o faça tão especial na minha vida!
Bem, vamos começar do inicio, eu tenho um serio grande problema em magoar as pessoas com minhas frases duras e ofensivas que eu não noto. De verdade, a vida inteira eu fiz inimigos, ou mesmo perdi amizades que nunca percebi ao certo o motivo e como foi, no simples usar de palavras para me expressar e ofender sem querer alguem próximo por segundas interpretações de meus dizeres. Acredite, não é fácil não ter alguem ao seu lado que seja de total confiança para te dizer na hora e na cara: Você acabou de dizer algo que me magoou. Isso voltou a se repetir na questão de meus namorados que sempre em um momento de DR relembravam algo que eu tinha mencionado no qual havia ferido o orgulho, ou mesmo derrubado-os de seus tronos invisíveis, e que no qual eu nunca havia notado.
Com meu irmão é diferente, eu sinto que é assim! Ele me mostra na minha cara o que eu falo que pode magoar alguem, reprime minhas palavras ocas, e me faz enxergar todo o podre que existe dentro de mim. Por isso eu sinto tanta a falta dele, como seu eu precisasse sempre dessa presença para eu crescer como pessoa, como amiga! E logico, essa presença ao meu lado, me deixaria mais feliz, porque só de ele existir, e eu saber disso, eu faço com que minha vida seja melhor, e meus dias mais felizes.
Eu só mudaria uma coisa, na qual eu realmente não gostaria de mudar, mas seria necessario: Queria que eu não tivesse conhecido com ele as melhores musicas que já ouvi (tirando as de minhas bandas favoritas)!!!
Maninho, se um dia você descobrir que é de você que eu falo tanto, eu vou querer morrer, e é bem provável que eu tente isso, mas é bom saber que você descobriu que você tem uma “irmã” que te ama tanto! E não tive irmãos consanguíneos para saber como é ter alguem ligado a ti, mas sei que irmãos em alma, nunca morrem!

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela presença!!
Muitos Sonhos,
Viva sua Loucura
e fique atento a Realidade!

 

Sonhos Loucura & Realidade Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos