sexta-feira, setembro 24, 2010

Um Poema Qualquer

Escrito por Naiara às sexta-feira, setembro 24, 2010
Reações: 

E quando eu receberei aquele abraço vendo o nascer do sol pelas serrar e construções?
Quando terei seu ombro e desabafos a revelar do pior lado de mim?
E quando será que nos encontraremos novamente, para nunca mais se vê?

Será que tenho todo este tempo que julgamos ter?
A inocência não se aflora mais em nossas faces.
E nós nos reveremos, sem todo esse turbilhão de nossas mentes,
E quem sabe eu te chame de amigo?

1 Comentários:

SilverLux (Éverton) on 25 de setembro de 2010 11:43 disse...

Perfeito...

Postar um comentário

Obrigada pela presença!!
Muitos Sonhos,
Viva sua Loucura
e fique atento a Realidade!

 

Sonhos Loucura & Realidade Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos